MMPR_Rangers

Power Rangers

Actualmente, vivemos num período onde uma série de questões do “fórum económico” – citando Jorge Jesus – nos assola. Uma das mais devastadoras será: Onde estão os primeiros Power Rangers?

Não procurem mais, o Spoon vai desvendar esse mistério.

A primeira temporada de Power Rangers marcou uma geração, antes de Pokemon e até Dragon Ball, eram os cinco (as vezes 6) amigos coloridos (que quase faziam a bandeira gay) que espalhavam magia na pequenada. Ajudados por um holograma de uma cabeça e um robô, os PR sabiam kung fu, karaté, kendo e até origami. Atualmente, cada um arranjou uma nova profissão. Desde fazer de tijolo, passando por mestres de artes marciais. Mas façamos um apanhado individual de alguns dos mais famosos Rangers. Go go power rangers.

Amy Jo Johnsson foi a primeira Ranger Rosa. Com um ar angelical e apaixonada por Tommy (o Ranger Verde/vermelho/Branco/às bolinhas), Kimberly (a sua personagem) também sabia ser durona.

Neste momento, Amy está ainda mais bonita e já não tem corpo de rapazinho. A sua carreira de actriz é que se foi mantendo, estando agora a participar em Flashpoint.

David Yost (o Ranger Azul), descobriu que para enriquecer o melhor seria deixar a carreira de ator. No entanto, não se afastou do show business, optando por ser produtor de programas de grau intelectual elevado. Produziu reality shows como a Ilha das Tentações (a versão Portuguesa passou na TVI).

Walter Jones foi o primeiro Ranger negro. Curiosamente, Jones interpretava o ranger preto e era o cómico do grupo, assim como o melhor dançarino. Se acham que isto é estereotipar, esperem: a ranger amarela era asiática. É bom perceber que os estereótipos e o racismo são passados sem que ninguém perceba. No fim da primeira série perceberam, então o ranger preto passou a ser asiático e a amarela a ser negra (confusos?). Quanto a Mr. Jones, tornou-se dançarino de salsa.

Trini Kwan, era a asiática que fazia de Ranger amarela e era a mais calma do grupo, aliando isso a uns moves fantásticos (go go stereotype). Infelizmente, Trini morreu em 2001 num acidente de viação.

Quanto ao ranger vermelho – Austin St. John – acabou a sua pós-graduação em “ser gordo” (great success). Além disso existem rumores de que ele virou ator em filmes porno gay. No entanto, o spoon não é especialista em porno gay, de maneira que não houve como confirmar este rumor. Se souberem algo, avisem…

Por fim Tommy – interpretado por Jason David Frank – fez de todas as cores do arco-íris, mas começou por ser verde e ter um pífaro. Depois voltou branco, vermelho, mais tarde preto. Enfim, este é “O ranger”.

Com uma personagem tão badass, JDF nunca poderia ter seguido uma carreira aborrecida. Assim, ele é mestre de artes marciais, tem escolas de karaté espalhadas pelo mundo – chamam-se The Rising Sun- e já ganhou uma série de prémios por ser tão fixe. No final de contas, ele é um Power Ranger na vida real.

Bem, A colher espera não ter estragado a infância a ninguém. Quem quiser entrar em filmes pornográficos gays, é favor falar com o Ranger Vermelho.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com