Film Title: Scott Pilgrim vs. the World

Scott Pilgrim Contra o Mundo (Scott Pilgrim vs. the World, 2010)

Scott Pilgrim vs. the World é um filme baseado na banda desenhada de Bryan Lee O’Malley com o mesmo nome. A história centra-se na vida amorosa de Scott Pilgrim (Michael Cera), quando este conhece Ramona Flowers (Mary Elizabeth Winstead).

Esta película, realizada por Edgar Wright (responsável por filmes como Shaun of the Dead e Hot Fuzz), caracteriza-se por ter um tipo de efeitos especiais únicos, muito remanescentes dos jogos de consola dos finais dos anos 80 princípios dos anos 90, como o Super Mário, misturados com banda desenhada.

O plot começa a desenvolver-se quando Scott começa a sair com Ramona e os sete ex-namorados (as) o desafiam a lutar pela oportunidade de sair com ela. Trata-se dum filme bastante único na sua cinematografia e personagens complexas, falando a um tipo de público – algo nerd – que se encontrava, ou encontra, na faculdade na data da sua primeira visualização, e que provavelmente tenha nascido no final da década de 80 inicio da de 90.

Outras personagens são Wallace Wells (Kieran Culkin), que interpreta o colega de casa de Scott. Desempenhando um homossexual, tem a capacidade de nunca parece falso ou forçado, tornando-se uma figura interessante. Knives Chau (Ellen Wong), uma adolescente completamente perdida de amores pela personagem principal e Stacey Pilgrim (Anna Kendrick), irmã de Scott, completam o elenco. Esta última, prova mais uma vez que é muito mais que a actriz que participou no Twilight.

A história (com cerca de 113 minutos) tem um teor algo trágico-cómico, que o público vai acompanhando, levando a uma escalada de eventos que leva a um final em aberto, dando a sensação de que as opções tomadas por Scott não tenham sido as melhores.

Veredicto: Trata-se dum filme diferente e único que merece ser visto, talvez não por qualquer público, mas para os fãs de jogos de consola, banda desenhada, e nerds no geral. Os seguidores do realizador Edgar Wright também devem gostar. As suas obras (esta não foge à regra) possuem um humor díspar e são sempre uma boa opção para passar uma tarde. Se Scott Pilgrim vs. The World ainda estivesse nos cinemas, seria um must see. Infelizmente, agora apenas poderá ser visto em casa.

ARTIGOS POPULARES

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com