thor-and-jane-foster-thor-the-dark-world-23132-1920x1080

Thor: O Mundo das Trevas (Thor: The Dark World, 2013)

 A segunda entrada no universo Thor, traz o deus nórdico do trovão de volta ao grande ecrã. Esta adaptação, da banda desenhada da Marvel com o mesmo nome, engloba uma divertida e bem-disposta aventura, para todos aqueles que querem passar um bom bocado, sem a necessidade de grandes conhecimentos prévios do universo deste super-herói, ou dos Avengers. O argumento gira à volta duma antiga raça chamada Dark Elfs, cujo seu chefe Malekith (Christopher Eccleston, aka The 9th Doctor), tem como objetivo destruir os Nove Reinos e trazer as trevas ao universo.

A química irradiada pelas personagens principais é contagiante e espera-se que, a qualquer momento, elas se beijem, o que infelizmente não acontece, deixando o público à espera de mais Thor e Loki action. Sem dúvida, um dos aspectos que melhor se transmitem no filme, é a relação destas duas figuras, muito mais até que a relação entre Thor e a personagem de Natalie Portman- Jane Foster. Jane é uma personagem supérflua, até metade desta fita, e infelizmente para o público feminino, bastante passiva. Ela só possui algum tipo de ação no final do filme, o que acontece somente devido ao Dr. Erik Selvig (Stellan Skarsgård), ou seja, nem se deve a mérito próprio.

As personagens secundárias, como Darcy (Kat Dennings) e o seu estagiário Ian Boothby (Jonathan Howard), são completamente desnecessários e servem apenas como comic relief, o que os torna bastante irritantes. Muito mais eficazes são os cameo do, já obrigatório, Stan Lee e do Captain America (Chris Evans), que só por si valem o preço do bilhete. Os efeitos especiais são bons, mesmo em 2D (tudo depende do que o público está disposto a pagar para o ver), e este filme não tem uma, mas sim duas cenas depois dos créditos, para os fan boys ficarem malucos.

Por fim, Thor: The Dark World, dá a sensação de ser um tanto episódico, não trazendo nada de novo ao universo que faz parte.

Veredicto: Trata-se dum filme bem-disposto e self-aware, que sabe os momentos onde deve ser dramático e onde deve divertir, possuindo um bom balanço. Ideal para todos aqueles que querem ver algo leve, para passar um bocado. Deve dispensar qualquer pessoa que não gosta de filmes de super heróis, pois não traz nada de novo ao género.

Este filme encontra-se actualmente em cartaz nos cinemas

ARTIGOS POPULARES

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com