ralph-macchio-and-Pat-Morita-in-The-Karate-Kid

Karate Kid (1984)

Estávamos em 1984, o Jadden Smith (também conhecido como “O sábio”, ver vídeo) não existia e Jackie Chan ainda não sabia falar inglês, nessa altura, o verdadeiro Karate Kid estreou nos cinemas americanos, vindo a invadir as salas portuguesas e as televisões.

Um jovem – Daniel Larusso – à procura de dar porrada nos bullies da escola, encontra Mr. Myiagi, um velho alcoólico, parecido com o Yoda, que é também mestre de artes marciais. O resto é filme.

Entretanto, 29 anos passaram e nesse período muita coisa aconteceu a estes atores (tirando a Mr. Myiagi, a quem já não acontece nada desde 2005), mas já la iremos.

 Elisabeth Shue – interpretava Ali Mils – era a paixão adolescente de Daniel. Elizabeth safou-se bem após Karate Kid, apesar de não ter uma carreira consistente, entrou num filme e numa série que lhe foram garantido alguma credibilidade e dinheiro. Leaving Las Vegas (de 1995, com Nicolas Cage) valeu-lhe a nomeação para o Oscar e, mais recentemente, a série CSI voltou a coloca-la nas vistas do mundo. O último filme em que participou foi Chasing Mavericks (ver crítica no spoon).

William Zabka era Johnny que, como o nome indica, era o “puto fixe” da escola, que tinha todas as meninas, na fase da puberdade, que quisesse. Para além disso, era o antagonista de Daniel Larusso, vinha da escola de Karate Cobra e, ainda por cima, queria lhe roubar a namorada.

Quanto ao ator, ainda fez alguns papeis de vilão no anos 80, mas depressa caiu no esquecimento. Isto, até 2003, onde co-escreveu Most – curta-metragem nomeada aos Oscars. Depois voltou a cair no esquecimento, até que HIMYM o chamou de volta à ribalta. Ele surge porque Barney o tem como ídolo de infância e, então, acaba por ser convidado para o seu casamento, fazendo de ele próprio.

Outro ponto interessante, que talvez explique a falta de sucesso, William tem o mesmo penteado ridículo dos anos 80, precisamente desde os anos 80 (o Jorge Jesus ficaria orgulhoso).

Mr. Myiagi era interpretado pelo lendário Pat Morita. A sua personagem procurava ensinar Daniel a bater nos bullies, mas também a lidar com a raiva. Para além disso, era bêbedo.

Já Pat Morita ficou sempre rotulado por esta personagem – que lhe valeu uma nomeação ao Oscar – e depois disso fez sempre este género de papéis. Ainda encontrou algum destaque na série Marés Vivas, entrou em 5 episódios, e fez algumas dobragens para filmes de animação (como em Mulan). Em 2005, infelizmente, deixou de receber convites para novos projetos, o projeto que ele agora tem em carteira é capaz de o ocupar para a eternidade. Pois…

Por fim, o protagonista, Daniel Larusso, interpretado por Ralph Macchio. Depois de ter dado pancada em todos os elementos dos Cobra, Daniel-san ainda voltou à carga no Karate Kid 2 e 3. Após protagonizar estas duas sequelas, Ralph Macchio entrou, e encontrou relativo sucesso, no filme O meu primo Vinny, obra de 1992. A partir daí começou a ser menos relevante, fazendo alguns cameos (como em HIMYM, A Vedeta) e participando em concursos de televisão, como Dancing with the Stars. Em termos de projetos, participou durante uma temporada na série Betty Feia.

 

No final, verificamos que a maioria do elenco original está empregado (menos o Pat Morita que, por razões óbvias, não se precisa de preocupar com empregos). Outro ponto a destacar é o facto de este clássico ter marcado a infância das gerações dos anos 80 e 90 e, isso, o novo Karate Kid (de 2010) não irá conseguir. Por mais efeitos especiais e golpes com saltos mortais que possam meter, o primeiro Karate Kid tinha uma coisa que nenhuma evolução tecnológica consegue simular, tinha coração.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com