MacaulayCulkin3

O miúdo do Sozinho em casa

Home alone (sozinho em casa) é já um clássico de natal. Aliás, a época festiva começa com Sozinho em casa e acaba com Música no Coração. Falando no primeiro filme, há um nome que salta logo à memória, Macaulay Culkin, o rapazinho de quem os pais se esquecem demasiadas vezes. Talvez por causa disso, uns anos mais tarde, ele se tenha metido nas drogas, mas já lá iremos.

Macaulay é daqueles casos de fama precoce (aos 10 anos já era mundialmente conhecido) que não correram bem. Muito dinheiro e muita atenção podem ser perigosos. Principalmente quando se tem pais que “gerem” o dinheiro, isto é, queimam tudo em casinos. Fazendo uma comparação com a realidade Portuguesa, Macaulay Culkin é o Saul americano. Só que em vês de droga, o Saul sempre se voltou mais para o Bacalhau.

Depois de Sozinho em Casa, Macaulay ficou rotulado com aquele personagem, sendo “usado”por hollywood a seu belo proveito – ainda fez o filme Riquinho, e a sequela do Sozinho em Casa. Quando o menino começou a crescer e deixou de ser lucrativo, Hollywood abandonou-o. Foi aí, por volta dos 14 anos, que ele se decidiu emancipar e começar a gerir o seu próprio dinheiro – metendo os pais em tribunal. Depois, aos 17, casou-se com a actriz Rachel Miner, divorciando-se 4 anos a seguir. Foi aí que a melhor fase da vida dele começou, namorou 8 anos com a BBB – bela, boa e bonita – Mila Kunis. No meio disto, em 2007, alcançou relativo sucesso com o filme independente, Sexo ao pequeno-almoço.

Infelizmente, no meio destes pequenos sucessos, Macaulay também se dedicou à Heroína e em 2012 chegaram a existir boatos que ele estaria morto. Depois surgiram novos boatos que diziam que ele não estava morto, mas que estava para morrer. Macaulay rapidamente desmentiu o primeiro boato e o segundo ainda não se verificou.

(Macaulay em 2012, na sua fase de “morto”)

Actualmente, Macaulay largou as drogas, arranjou uma miúda gira e criou uma banda. Atenção, esta é a parte melhor: É uma banda tributo aos Velvet Underground, só que alteram as letras, de forma a colocar a palavra “pizza” nas canções. Já agora, a banda chama-se Pizza Underground e ele é o vocalista (podem ver o tumblr da banda aqui).

(Macaulay em 2013, com a Mila Kunis 2.0)

No final de contas, Macaulay passou de famoso a desnecessário para Hollywood. Teve uns períodos menos bons na vida dele, mas, para compensar, teve o privilégio de se deitar com a Mila Kunis. Quanto à heroína, é perfeitamente aceitável que, depois de acabar com a Mila Kunis, uma pessoa se meta nas drogas duras. Felizmente, ele parece ter endireitado a vida, dedicando-se a declamar belas poesias musicais, sobre uma das questões mais fraturantes da sociedade : Quando posso comer pizza?”. É bem Macaulay!

ARTIGOS POPULARES

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com