aberto

Início de Temporada From Dusk Till Dawn (2014)

Aberto até de Madrugada, o filme de Robert Rodriguez, teve uma recente adaptação ao pequeno ecrã, para o canal americano El Rey (que pertence a Robert Rodríguez). Infelizmente ainda não existe data de estreia para Portugal, mas no momento em que esta crítica está a ser redigida saíram já quatro episódios, e ao final do terceiro foi anunciada a renovação deste programa para uma segunda temporada.

Nesta reinterpretação do argumento de Tarantino, os irmãos Seth e Richie Guecko, são retratados por D.J. Cotrona e Zane Holtz, respetivamente. Trata-se sem dúvida dum dos pontos fortes da série, já que a relação entre eles, e a interação com outras personagens é bastante realista. Não obstante, no momento de recriar algumas das  cenas, D.J. Cotrona parece querer assemelhar-se demasiado ao personagem de Clooney no original, e isso pode tirar alguns espetadores do ambiente. No entanto, isso é facilmente desculpado quando o plot põe os irmãos noutro ambiente. Outro ponto forte é Wilmer Valderrama que interpreta Carlos, e mais nada irá ser referido acerca dele por enquanto.

Infelizmente nem tudo são notas positivas, Kate Fuller (Madison Davenport) e Scott Fuller (Brandon Soo Hoo), que já não eram as personagens mais interessantes na película, continuam com essa tradição na série. Mas o que foi mais difícil de assistir foi a completa destruição da figura de Jacob Fuller (Robert Patrick): passou de um homem que perdeu a fé por a mulher ter morrido, a responsável pela sua morte devido a problemas com o álcool.

Em relação ao plot, os primeiros episódios seguem o filme de perto, mas com o seu avanço estes têm vindo a divergir do material de origem, não só no conteúdo, mas também na abordagem das personagens e respetivas motivações. Ao contrário da longa-metragem, em que a audiência só se apercebe que existem vampiros quando Seth e Richie chegam ao Titty Twister, aqui desde o início sabe-se que existe algo de estranho, e que algumas personagens são mais sensíveis ao que se passa.

No fundo, trata-se duma série interessante e traz uma refrescante reinterpretação do material original. Ideal para os fãs do filme, mas também para quem gosta duma boa série de ação só com uma pitada de exoterismo à mistura. Estes episódios foram mais concebidos para introduzir os personagens e o seu ambiente, daqui para a frente é que se irá ver se se trata dum projeto ganho, ou se vai afundar como o final de HIMYM.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com