life-as-we-know-it-life-as-we-know-it-25392608-1600-1200

Sugestão para Domingo à Tarde #46: Life as We Know it (2010, Greg Berlanti)

Hoje tinha pensado sugerir a Magia ao Luar de Woody Allen, mas estava a voltar da Baixa ao fim da manhã e vi por uma janela um pai sentado à mesa a dar de comer ao filho bebé, achei tão bonito, tão simples e tão natural que tive de trocar para um filme igualmente adorável. É ainda menos aclamado do que a primeira ideia mas ninguém precisa de aclamação num Domingo à Tarde.

Faz parte da série de comédias românticas medianas em que a Katherine Heigl resolveu entrar depois de decidir que era demasiado estrela para a Anatomia de Grey. O seu par romântico com quem ao início se dá muito, muito mal (como sempre…) é Josh Duhamel, o oh-tão giro marido da Fergie. São Holly e Eric, os melhores amigos de Allison e Peter, respectivamente; detestaram-se desde que se conheceram, porque são os opostos mais cliché dos filmes do género – a control-freak e o playboy. O que é que este filme tem de diferente das outras comédias? Às vezes, puxa a lágrima… Para começar, os melhores amigos morrem. E deixam uma bebé órfã. É TÃO TRISTE! Claro que a miúda, Sophie, é a coisa mais querida de sempre e dá vontade de saltar para o ecrã e dizer “eu fico com ela e dou-lhe o almocinho à mesa num belo Domingo de Novembro”.

A tarefa de a criar fica a cargo dos melhores amigos e assim, com muitas peripécias, nasce uma história de amor. O filme tem piada mas mantém um tom sempre mais sério. O problema? Como não é propriamente uma obra-prima, às vezes fica um bocado forçado, mas isso desaparece rápido com a ternura entre Eric e a afilhada/filha. Heigl teria feito melhor pela sua carreira se tivesse prosseguido como Izzie (pelo menos mais um tempo e com uma saída mais elegante, porque agora já nem Grey devia haver…) mas, graças a Duhamel e Alexis, Brynn ou Brooke Clagett (as três irmãs que fazem de bebé Sophie), este é dos filmes dela melhores para ver. Pelo menos num dia em que se queira ver a possibilidade de uma família feliz mesmo incompleta, mesmo triste. E uma bebé fofa. Nunca esquecer a bebé fofa.

O Woody fica para a semana. Até lá!

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com