2016-04-18T193404Z_501831554_GF10000387340_RTRMADP_3_USA-ATHLETICS-BOSTON-MARATHON

Patriots Day – Unidos Por Boston (2016)

Do aclamado director Peter Berg (Deepwater Horizon, Lone Survivor), chega até nós Patriots Day. Baseado em acontecimentos verídicos, Patriots Day é uma história poderosa sobre a coragem extraordinária de uma comunidade face às adversidades. Sendo um relato dos eventos à volta do bombardeamento da Maratona de Boston, esta longa metragem é um thriller dramático, cheio de tensão, que narra detalhadamente uma das mais sofisticadas e bem coordenadas caças ao homem na história.

No dia 15 de abril de 2013, os irmãos Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev detonaram duas bombas durante a Maratona de Boston, causando pânico generalizado. Um jovem casal, Patrick Downes e Jessica Kesky, são feridos e levados para hospitais diferentes, onde, em ambos os casos, os médicos são obrigados a amputar as suas pernas, tal era a gravidade dos ferimentos. Enquanto Steve Woolfenden, um homem de família,  é ferido e separado do seu filho, Leo, que é resgatado pela polícia e levado para um local seguro.

O agente especial do FBI, Richard DesLauriers (Kevin Bacon), é designado para investigar os atentados em colaboração com o comissário da polícia de Boston, Ed Davis (John Goodman), e o sargento da polícia de Watertown, Jeffrey Pugliese (J.K. Simmons), enquanto o sargento da polícia de Boston Tommy Saunders (Mark Wahlberg) procura evidências e ajuda pessoas que foram feridas ou separadas dos seus entes queridos no caos, incluindo Patrick e Jessica, bem como Steven e Leo. Analistas do FBI revêem imagens do bombardeamento e aí identificam Dzhokhar e Tamerlan como suspeitos, mas DesLauriers hesita em divulgar as fotos ao público sem mais provas. Mas vê-se forçado a divulgar a informação quando alguém por dentro passou as imagens à imprensa,  enquanto os homens de Pugliese começam a realizar buscas porta a porta.

O filme talvez peque por dar muito protagonismo à personagem de Mark Wahlberg (Saunders). Sendo um filme que relata acontecimentos que abrangeram grande parte da população, não se justifica o porquê desse protagonismo. Talvez porque a história precisasse de um herói individual, alguém como Saunders, que se destacasse entre o herói colectivo que é a comunidade e a força policial. Mas Wahlberg cumpre o seu papel muito bem, revelando forte sentimentalismo nas suas abordagens e também o sangue frio necessário para enfrentar as situações adversas.

O atentado da Maratona de Boston em 2013 tirou vidas e testou a fibra do espírito americano. Face às incidências, uma cidade inteira juntou-se de modo a parar os terroristas e a fazer justiça, antes que pudessem infligir ainda mais danos. Em vez de se entregarem ao pânico e ao medo, os cidadãos de Boston uniram-se, escolhendo a solidariedade sobre a divisão em busca de um inimigo comum.

Patriots Day é como uma homenagem à cidade de Boston e aos seus habitantes. E transmite a mensagem oportuna de que através da dedicação e dos actos individuais e colectivos de coragem, a cidade – e o país – foi capaz de emergir deste massacre ainda mais forte e unida do que antes, e mostrou ao mundo que o amor triunfa sempre face ao mal.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com