radin-5913.jpg_-h_2016

Um rico sovina (Radin!, 2016)

Realizado por Fred Cavayé e escrito por Laurent Turner e Nicolas Cuche, Radin! é uma comédia francesa que cumpre bem o seu objetivo. É pautada por momentos muito engraçados e performances que ajudam à manutenção do ambiente cómico e irónico.

Um rico sovina conta-nos a história de François Gautier (Dany Boon) um tipo bastante forreta, que come comida fora do prazo e não liga as luzes de casa preferindo iluminação trazida da rua. Quando, do nada, a sua filha Laura (Noémie Schmidt) lhe aparece à frente, a sua primeira reação é de estupefacção. A seguir, aceita acolhê-la (sob o pagamento de uma renda semanal) e desata a escrever uma data de notas para que esta tenha em atenção o quanto o senhor é dado à poupança. O que François não esperava era que a mãe de Laura lhe tivesse contado uma história muito diferente da realidade: afinal, a sua forretice deve-se à sua obra de caridade no México. O protagonista aceita esta versão, uma vez que é bem mais apetecível que a sua… particularidade.

O argumento é todo ele dado a situações peculiares que demonstram o extremo em que o protagonista vive. No entanto, não caem em exagero pois mantêm-se bastante congruentes entre si. Mas para lá das cenas tipicamente engraçadas, há espaço para a descoberta da relação com a filha e também para um interesse amoroso com Valerie (Laurence Arné) que, ao contrário das expectativas, até se sai bastante bem.

Obviamente que o mérito vai, em grande parte, para Boon. Há uma construção de personagem bastante natural ao mesmo tempo que não cai em exageros que poderiam facilmente existir devido à perturbação de Gautier. No entanto, também demonstra ser capaz de momentos intensos e dramáticos quando a situação assim o exige.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com