(L-R) Jon Bass plays Ronnie, Alex Daddario plays Summer, Zac Efron plays Matt Brody, Dwayne Johnson plays Mitch Buchannon, Kelly Rohrbach plays CJ Parker, and Ilfenesh Hadera plays Stephanie Holden in BAYWATCH; the film by Paramount Pictures

Baywatch – Marés Vivas (Baywatch, 2017)

Acompanhando a trend de trazer de volta coisas que quase foram esquecidas dos anos ’90, para quem se lembra Baywatch era uma série sobre muito mais que meros nadadores salvadores numa praia animada. Era quase um procedural que misturava acção, drama e comédia com raparigas giras a correrem em câmera lenta e a cimentação de David Hasselhoff e Pamela Anderson como ícones. Durante a sua exibição original com a duração de 9 temporadas, o seu público cresceu e mudou de forma natural. Afinal, não são muitas as séries que na altura conseguiam manter as atenções durante uma década, tal como Friends e E.R., que eram bastante populares.

Mas estamos em 2017 e Baywatch é trazido de volta com Dwayne Johnson e Zac Efron, juntamente com Kelly Rohrbach e Alexandra Daddario a fazerem parte integrante da equipa de nadadores salvadores mais populares da baía. Num Verão em que vão sendo encontrados pequenos sacos de drogas, algo muito suspeito se passa perto do Huntley Club, agora liderado pela empresária Victoria Leeds (Priyanka Chopra). Nisto, o gang do Baywatch insiste em investigar o que realmente se passa atrás das portas fechadas e o secretismo que Victoria esconde, assumindo assim um filme de investigação policial não feita por polícias.

É nesta premissa que Baywatch se apoia, repleto de referências da série original e das histórias que se acompanhava semanalmente na televisão. Infelizmente, como quase todos os filmes que vêm da TV, espalha-se por completo. O grande problema de Baywatch é a forma que assume: um filme de acção e comédia, baseado num série clássica, mas que tem cerca de 90 minutos para conseguir atender a todos os tipos ideias, também elas da série. Ao início, parecia ser um filme bastante descontraído quando, de repente, a cortina cai e tudo o que poderíamos classificar como um gozo é de repente levado a um assunto de grande seriedade. Deste modo, todas as piadas deixam de ser engraçadas e o que se poderia considerar paródia, é forçado a ser levado a sério.

No final, os primeiros 20 minutos de filme são bastante divertidos, com um certo sentido de nostalgia, onde nem os cameos do Hoff nem de Pamela Anderson conseguem salvar este filme que de tão fundo cai.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com