642

Inspector Max

Todos se devem lembrar de Rex – o cão-polícia, o pastor alemão que mordia bandidos e salvava o dia. Pois o Rex tinha um irmão mais novo em Portugal, o Max. Não tendo os recursos que tinha o Rex e ganhando substancialmente menos, Max era o irmão pobre que trabalhava para a PJ  (o primo dele era o Faial, que entrou em Uma aventura – ver o artigo do spoon).

Em Inspector Max – começou em 2004, teve duas temporadas e a partir daí sucessivas repetições – seguimos a história de um polícia canino capaz de derrubar bandalhos da sociedade só com o olhar. Passados 8 anos, vamos ver onde anda o elenco (O spoon não sabe onde anda o Max).

Fernando Luís era Jorge Mendes, um dos boss`s da PJ e dono do Max. O Nandinho já foi falado no Spoon (artigo do médico de família), como Portugal é uma esquina com vista para o mar, os mesmos actores (e seus irmãos) vão chocando de série em série, por isso é fácil haver repetições.

Falando em irmãos, Afonso Maló – fazia de Tiago Mendes, filho do Nandinho – é irmão da Filipa Maló, a clarinha do Super Pai (do qual obviamente o spoon já falou, vejam). Depois de Inspector Max, o Afonso migrou para a Sic onde entrou na novela Vingança, fazendo o papel de filho do Diogo Morgado (que já se aparentava com Jesus Cristo na altura).

Depois de fazer de filho de cristo, Afonso viu a luz: no Raguebi. Com 16 anos tornou-se o mais jovem integrante da selecção de sub-18 nacional. Actualmente com 18 anos joga no belenenses e a televisão parece fora dos planos, pelo menos a curto prazo.

A sua mana (na série) era Sara Butler, interpretava Catarina Mendes. Sara, a par da representação, tornou-se uma miúda muita gira (agora já tem 22 anos, é legal dizer isto) e  fotógrafa. Para além disso, foi vocalista de uma banda chamada Kid Machine.

No campo da representação, tem sido algo discreta, mas tem aparecido: Entrou na novela da TVI em 2010, Sedução, e em 2012 num telefilme para a mesma estação, A princesa. É provável que novos projetos espreitem para esta bela e jovem atriz.

Outro dos protagonista era Ruy de Carvalho: O Spoon verificou e ele continua vivo, já com cerca de 200 anos e 3000 projetos (mais velho só o Manuel Oliveira e a atriz que falaremos de seguida). Falando um pouco mais a sério, Ruy de Carvalho é uma figura acarinhada em Portugal e sempre com trabalho, ora em novelas, ora em teatro. Actualmente, na televisão, podemos vê-lo na telenovela da TVI, Destinos Cruzados.

Para finalizar a trupe de atores (todos os que viviam na casa do Nandinho), eis que surge a empregada Justina (Manuela Cassola). É curioso verificar que, se Ruy de Carvalho tem pelo menos 200 anos, a Manuela – que na série tratava a personagem de Rui por “menino”, pois quando ele nasceu ela já era uma mulher feita – será um fóssil (com todo o respeito para a senhora). O spoon também verificou: continua viva, e com a mesma aparência e (surpreendam-se) a trabalhar. Fez recentemente de Dulce em Sinais de Vida, da RTP. Aparentemente trabalhar com o Max dá saúde e trabalho.

(Aqui recentemente (2012) na peça de teatro A Bernarda Alba)

O resto do elenco trabalhava na PJ e como o Spoon não gosta de polícia, decidiu não falar deles. Em todo o caso, tirando o Max (provavelmente), todo o elenco da primeira temporada tem trabalho. Especial destaque para Quimbé que, além de ser ator, faz dobragens de quase todos os desenhos animados do mundo (reparem em Super Campeões, onde ele é comentador dos jogos de futebol).

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com