what-maisie-knew

O Que a Maisie Sabe (What Maisie Knew, 2012)

Dois anos depois da sua estreia no Festival de Toronto em 2012, chega finalmente a Portugal a adaptação do livro de Henry James, do final do séc XIX, O Que Maisie Sabe. Os realizadores, David Siegel e Scott McGehee, trazem-nos uma versão modernizada, passada em Nova Iorque nos dias de hoje.

Este filme acompanha uma menina de 6 anos, Maisie (Onata Aprile), durante o divórcio dos pais. Susanna (Julianne Moore) e Beale (Steve Coogan) gostam muito da filha mas não sabem protegê-la. Após a separação, apressam-se para novas relações, que acabam tão depressa como começaram: Beale casa-se com Margo (Joanna Vanderham), a jovem e carinhosa ama da filha e Susanna casa-se com Lincoln (Alexander Skarsgard), um bartender.

A madrasta e o padrasto tornam-se no alicerce de Maisie e talvez a razão pela qual esta menina consegue preservar uma alegria pueril. No fundo “O que Maisie sabe” é que fica melhor com aqueles que sempre souberam gostar dela.

No geral, esta obra acaba por ser uma bonita e uma agradável surpresa, já que consegue fugir do cliché e da pirosice em que filmes deste género podem cair. Ainda assim, retrata uma história em que é fácil (demais) culpar os pais, afastando-se neste ponto do clássico “Kramer vs Kramer” (1979).

Em relação ao elenco, Onata Aprile, praticamente desconhecida, mesmo para o Google, está arrebatadora! Desperta no espetador a mesma compaixão com que Maisie trata os pais e com que os pais não a tratam. Alexander, da série True Blood, está um não-vampiro muito paternal e a estreante em cinema, Joanna, com 19 anos na altura, completa esta tríade de “pessoas que nos devolvem a fé na espécie humana”. Juliane e Steven fazem um ótimo papel a serem detestáveis, como pessoas egoístas demais para terem filhos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com