fault-in-our-stars-poster-large

A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars, 2014)

“A culpa é das estrelas” é baseado no livro de John Green, de 2012. Josh Boone realiza a adaptação cinematográfica desta história de amor de dois adolescentes peculiares.

Shailene Wood interpreta Hazel Grace Lancaster, uma rapariga de 16 anos a quem foi diagnosticado cancro da tiróide aos 13 anos. Tem plena consciência do pouco tempo que lhe resta e, até conhecer Gus, vivia conformada com a sua condição. Augustus Waters (Ansel Elgort), ou simplesmente Gus, é um rapaz de 18 anos que teve um osteossarcoma, cujo tratamento incluiu a amputação da sua perna direita e que se encontra em remissão há um ano. Os dois conhecem-se num grupo de apoio de doentes com cancro e a química é imediata. Esta, aliás, é um dos principais destaques do filme: Shailene e Ansel já trabalharam juntos este ano, em “Divergent”, e a sua proximidade não passa despercebida.

Esta história de amor acaba por ser tão peculiar quanto Hazel e Gus. Tudo é pensado para obrigar as raparigas a chorar com o lenço de papel ou no ombro do namorado. Para evitar spoilers, fiquemo-nos pelos exemplos da banda sonora e dos chavões românticos que pautam o filme. A banda sonora, que inclui mas que não se limita a Ed Sheeran, tem umas dez baladas, das que não passam na rádio mas que ficam na cabeça: não é típica, mas funciona tão bem que se vai tornar típica (o que vai fazer com que os hipsters que gostaram do livro fujam). O mesmo acontece com as citações – são o tipo de “Gosto de ti” que conquista o coração, mas o facto de estarem espalhadas pelas páginas inspiradoras do Facebook pode anular a sensação de “Somos inigualáveis”. E, chamemos-lhe “Síndrome de Perks of being a wallflower” – ser inigualável parece ter relação direta com a popularidade (apesar do paradoxo óbvio que isso representa).

É um filme bem conseguido para o género. Inevitavelmente, sendo o género “romance profundo para jovens adultos”, pode parecer só lamechas e foleiro para os mais céticos e para os mais leais ao livro.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com