sex_tape_2014_movie-2880x1800

Sex Tape – O Nosso Vídeo Proibido (Sex Tape, 2014)

Sex tape, de Jake Kasdan, é uma comédia romântica sobre um casal – Jay e Annie – que faz um filme porno caseiro, para devolver a chama à relação. Os problemas surgem porque involuntariamente o marido, Jay (Jason Segel), partilha o dito filme com alguns dos seus conhecidos, através da iCloud dos seus iPads (ai meu deus, tanta publicidade à Apple!).

São 90 minutos de humor fácil, sem grande profundidade. Também ninguém vai ao cinema nesta altura do ano na ilusão de encontrar nomeados para os próximos óscares… Por isso, Sex Tape não desilude. É uma comédia romântica igual a todas as outras.

Cameron Diaz é uma veterana deste género de filmes (Doidos por Mary, O Amor não tira Férias, A Professor Baldas) e está muito bem acompanhada por Jason Segel, o Marshal de How I Met Your Mother. São divertidos, arrancam umas gargalhadas e até tentam ensinar umas lições de vida sobre como não tomarmos aqueles que amamos como garantidos. Enfim, entretém; é bastante típico, ninguém vai falar do filme daqui a 10 anos, mas entretém.

Ao casal de protagonistas, juntam-se as participações um quanto bizarras de Rob Lowe e Jack Black. Rob Lowe é o dono da empresa que pensa comprar o blog para mães que Annie escreve. Claro que também é uma das pessoas que recebe o famigerado vídeo caseiro. Até aqui é só evidente; torna-se bizarro quando potencial chefe e escritora de blog de mãezinhas acabam a sniffar cocaína juntos. “Como é que é possível?”, perguntam-se? Não perguntem, desistam e procurem outro filme. Jack Black aparece na reta final do filme como dono do site de pornografia que recebe o filme caseiro de Jay e Annie. Não traz nada de extraordinário, mas é sempre divertido ver Jack Black.

ARTIGOS POPULARES

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com