im_here_robots-900x5131

I’m Here (2010)

Não foi em Uma História de Amor (2013) a primeira vez que Spike Jonze decidiu dar um coração – não daqueles que bate do lado esquerdo do peito mas sim o metafórico, dos sentimentos – aos robôs ou computadores. Na verdade, em 2010 já o tinha feito em I’m Here, uma curta-metragem de 30 minutos que acaba por retratar a inteligência artificial de uma forma ligeiramente mais positiva do que em Uma História de Amor, em que o seu lado perverso e obscuro é bem mais evidente. I’m Here retrata um universo em que os robôs convivem com os humanos normalmente, têm a sua própria vida e sentimentos, vivem como pessoas em vez de tentarem viver pelas pessoas. Esta diferença é substancial e faz com que possa haver uma perspetiva futura mais positiva no que toca ao avanço tecnológico: e se os robôs existirem, mas viverem as suas próprias vidas enquanto nós continuamos a viver as nossas?

Debates éticos e sociológicos à parte, esta curta-metragem tem outros pontos interessantes. Apesar de se passar no futuro, a estética é marcadamente retro, transportando o espectador para os anos 90 ou o início do novo milénio. Os robôs não parecem minimamente sofisticados mas as suas expressões faciais foram dinamizadas com inegável mestria, sendo capazes de transmitir emoções e evocá-las no próprio espectador. Além disso, I’m Here está dotada de uma boa dose de sentido de humor, embora possa ser classificada como drama.

A história desenrola-se à volta de Sheldon (Andrew Garfield), um robô bibliotecário que leva uma vida solitária e melancólica até conhecer Francesca (Sienna Guillory), uma robô cheia de vida – não é irónico? -, por quem rapidamente se apaixona. A forma como se relacionam representa a possibilidade de os robôs ou dispositivos de inteligência artificial terem um lado realmente humano, embora esta ideia ainda pareça um bocado utópica.

Desta forma, I’m Here é uma curta-metragem interessante, visualmente bonita e com uma agradável banda sonora.

Para quem se pergunta onde poderá assistir a esta curta: Aqui mesmo, no Spoon!

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com