image

Attila Marcel (2013) – Festa do Cinema Francês

Attila Marcel é a primeira longa-metragem live action de Sylvian Chomet, o homem que nos trouxe Les Triplettes de Belleville e L’illusionniste (os títulos ficam em francês, é mais chique assim).
Paul (Guillaume Gouix) é um talentoso pianista que vive uma vida extremamente monótona, na casa das suas duas tias. Paul sofre também de mudez e de uma imensa timidez, devidos à precoce morte dos seus pais quando este apenas tinha 2 anos, evento sobre o qual pouco conhecimento possui. Ao cruzar-se com a sua invulgar e mística vizinha Madame Proust (Anne Le Ny), esta encaminha-o num tratamento baseado em chás composto por ervas psicotrópicas que lhe permitem entrar num estado de transe de forma a lidar com as suas memórias reprimidas.

image

Wow man… That’s groovy.

O filme, como seria de esperar, possui muitos elementos que fazem recordar os anteriores trabalhos de animação do realizador, como por exemplo as personagens caricatas de exagerada expressividade e interessantes jogos de cores com as roupas das mesmas. A força do filme encontra-se na sua imagem rica e hiperestilizada, mas infelizmente tal imagem pede uma ação mais dinâmica que este não consegue entregar.
Outro aspeto a destacar é a banda-sonora muito diversa que acompanha muito bem a imagem do filme, mas isso já toda a gente sabe que os franciús fazem muito bem.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com