MARTIM-MONIZ

Open Air Cinema no Martim Moniz em Setembro

Agora que chegamos a setembro parece que o verão a sério finalmente chegou. Se as férias já vos acabaram, não desanimem, podem sempre ir ao cinema depois do trabalho e apanhar uns raios de lua no Martim Moniz. Em Setembro, há cinema no Martim Moniz, com o Open Air Cinema, todas as quartas-feiras, pelas 21h.

Fiquem com a programação cedida pela organização do certame.

Programação:

3 de Setembro, 21h00

TEMPO DE EMAGRECER

Bertrand Avril, Pierre Chomarat, David Dangin, Thea Matland , Animação, França, 2010, 7′

Sinopse:: E se a tecnologia permitisse perder as gorduras indesejáveis com um simples premir de botão? Graças a um aparelho mágico, é tempo de emagrecer e de tornar os sonhos realidade!

UM DIA DE SOL 

Gil Alkabetz | Animação, Alemanha, 2007, 6′

Sinopse: O Sol nasce todos os dias, mas hoje descobre que não é bem-vindo.

CORRIDA

Janis Cimermanis, Animação, Letónia, 2011, 7’ 

Sinopse: Nesta tourada de praça em Madrid, o toureiro falha o seu plano para matar o touro. Revoltado, o touro persegue-o por toda a parte, até chegar uma equipa de resgate.

ALEKSANDER 

Rémy Dereux, Maxime Hibon, Juliette Klauser, Raphaëlle Ranson, Louise Seynhaeve, Animação, França, 2010, 5’

Sinopse: Aleksander é o último tricotador de uma aldeia suspensa nas nuvens, e o único capaz de enfrentar os monstros escondidos debaixo da cama.
 
AS AVENTURAS DE MIRIAM: JOGO DAS ESCONDIDAS

Priit Tender, Animação, Estónia, 2004, 5′

Sinopse: Enquanto os pais estão fora, Miriam, o irmão mais novo e a Galinha, jogam às escondidas. Ao perderem a Galinha, Miriam e o seu irmão descobrem um rasto sangrento no chão, ao mesmo tempo que ouvem barulhos estranhos vindos do armário. Parece que alguém andou a brincar com ketchup

AS NOVAS ESPÉCIES 

Evalds Lacis, Animação, Letónia 2008, 9′

Sinopse: Um entomologista encontra um novo tipo de insecto no prado e fica contente com a ideia de o juntar à sua colecção. Mas os insectos não querem ser objectos de museu – as duas meninas bug têm que encontrar uma maneira de salvar os pais.

EMBRULHANDO O SOL 

Boris Kaufmann, Déborah Yver, Guillaume Hoffmann, Martial Fontan, Animação, França 2011, 7

Sinopse: Uma menina, cuja única amiga é a sua própria sombra, anda constantemente a arranjar formas de roubar tudo o que é brilhante. Ela não resiste ao cintilar dos papéis dourados que embrulham os rebuçados nem aos balões com purpurinas. Até que repara numa coisa muita mais brilhante que decide roubar: o Sol.

NO FIM DO MUNDO 

Konstantin Bronzit,  Animação, França, 1998, 7′

Sinopse: As peripécias de uma casa precariamente equilibrada. Construída na parte superior de um monte, balança para trás e para a frente, para grande descontentamento dos seus inquilinos. Considerado, por muitos, como um dos melhores filmes de animação de sempre. E um dos mais cómicos, também.

10 de Setembro, 21h00

Salma

Kim Longinotto / Documentário / Reino Unido, Índia/ 2013 / 89′ /M12

Sinopse: Quando Salma, uma jovem muçulmana do sul da Índia, tinha 13 anos, foi trancada pela sua família durante 25 anos, que a proibiu de estudar e a forçou a casar. Durante esse tempo, as palavras foram a salvação de Salma. Ela começou secretamente a compor poemas em pedaços de papel e, por meio de um sistema complexo, foi capaz de os tirar de casa, e levá-los para as mãos de um editor. Contra todas as expectativas, Salma tornou-se a mais famosa poeta Tamil: o primeiro passo para a descoberta de sua própria liberdade e o desafiar das tradições e códigos de conduta na sua aldeia.
 

17 de Setembro, 21h00 

Há Pânico na Aldeia/

Stéphane Aubier, Vincent Patar / Animação / Bélgica / 2009 / 75′ / M12

Sinopse: A vida dos brinquedos de plástico animados às vezes também não é fácil, como no caso de Cowboy, Índio e Cavalo: os dois primeiros estão a planear surpreender o Cavalo com um presente de aniversário caseiro, mas as coisas correm mal e em vez disso acabam por destruir-lhe a casa. O universo desta longa-metragem de animação gira à volta dos habitantes de uma quinta que se lançam em aventuras surreais, culminando com a viagem que o trio de amigos faz ao centro da Terra. Aí descobrem um universo submarino paralelo, habitado por criaturas (desonestas!) com cabeças pontiagudas, que lembram os filmes de ficção científica dos anos 50. Num cenário bucólico e campestre, os realizadores encenam um mundo de sonho, cómico e eufórico.

24 de Setembro, 21h00
 
 A Nossa Forma de Vida/

Pedro Filipe Marques / Documentário / Portugal / 2011 / 91′ / M/12

Sinopse: Oitavo andar de uma torre azul. O casamento entre o trabalhador eterno Armando e o consumismo da dona de casa Maria Fernanda sobrevive há 60 anos. Partilham as suas visões como parceiros do mesmo crime, transformando o quotidiano numa breve comédia da vida e comentando sobre aquilo que um país em decadência económica ainda tem para lhes dar.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com